Home Como hospedar um bot na Amazon AWS
Post
Cancelar

Como hospedar um bot na Amazon AWS

Imagens: AWS Lambda, Bot e Serverless
Imagens: AWS Lambda, Bot e Serverless

Amazon Lambda

Lambda é a hospedagem de funções do tipo serverless da Amazon. Estas funções não exigem o gerenciamento de recursos computacionais ou qualquer tipo de infraestrutura para funcionarem. Basta enviar o código fonte e a Amazon se encarregará de sua execução conforme os critérios definidos. O código fica “adormecido” e somente é executado quando chamado.

É uma opção muito interessante para quem não quer ter que lidar com um servidor, memória RAM, uso de CPU, HDD etc. O uso da tecnologia serverless remove todo o trabalho do desenvolvedor, facilitando inclusive a escalabilidade do projeto. Outra vantagem do serverless é que toda a responsabilidade com a segurança do servidor fica a cargo do provedor. Normalmente, por manter a aplicação “adormecida” enquanto não é usada, o custo é menor que o de manter um servidor ligado.

Serverless.com

Serverless.com é uma ferramenta que facilita o envio e o controle de soluções na nuvem para os mais diversos provedores. A configuração é toda feita em um arquivo .yml e tudo é gerenciado facilmente.


Serverless é a tecnologia que permite não se preocupar com a infraestrutura para rodar a aplicação. Não confundir com serverless.com, que é a ferramenta usada para facilitar o gerenciamento da função.


Instalação

Para instalar a ferramenta serverless.com, siga as instruções do site oficial ou do canal oficial no YouTube.

Definir e Configurar Chave de acesso

Feita a instalação, crie uma chave de acesso para o serverless.com conforme a documentação oficial ou o vídeo. O comando para o ajuste das credenciais é o seguinte:

1
2
3
4
serverless config credentials \
  --provider aws \
  --key <Access key ID> \
  --secret <Secret access key>

Arquivo serverless.yml

Crie o arquivo serverless.yml com o conteúdo abaixo, ajustando-o conforme a necessidade:

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
service: <nome>
frameworkVersion: '3'

provider:
  name: aws
  runtime: python3.8
  region: eu-west-3

functions:
  bot:
    handler: bot.hello_http
    events:
      - httpApi:
         path: /
         method: post
    environment:
      TOKEN: ${env:TOKEN}

plugins:
  - serverless-python-requirements

custom:
  pythonRequirements:
    dockerizePip: false
    usePipenv: false

O que não for listado abaixo não deve ser alterado:

  • service: Nome do bot (sem espaços);
  • region: Região em que o bot será hospedado. Recomendo eu-west-3 por ser na Europa, deixando o bot com baixa latência;
  • handler: Composto por <nome_do_arquivo_py>.<função_que_recebe_requisições>;
  • environment: Variáveis de ambiente que serão usadas pelo .py;
  • plugins: Recomendo usar o serverless-python-requirements para que sejam instaladas as dependências listadas no requirements.txt.

Para instalar o plugin, use o comando:

1
sls plugin install -n serverless-python-requirements

Caso não utilize o requirements.txt, remova as linhas 19 em diante do serverless.yml.

Bot

Arquivo bot.py

Tendo o bot no arquivo bot.py, um exemplo de robô que repete tudo o que recebe seria:

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
import telebot
import os

TOKEN = os.getenv('TOKEN')
bot = telebot.TeleBot(TOKEN, threaded=False)

@bot.message_handler(func=lambda m:True)
def on_message(message):
    bot.reply_to(message, message.text)

def hello_http(event, context):
    update = telebot.types.Update.de_json(event['body'])
    try:
        bot.process_new_updates([update])
    except:
        pass
    return {"statusCode": 200, "body": "hello world"}

A função hello_http deve ter o mesmo nome usado no arquivo serverless.yml. É ela que receberá os requests enviados ao bot. Ou seja, este bot usa webhook em vez de polling. Isto significa que o bot é executado somente quando chamado. Ele não busca atualizações no servidor do Telegram, o Telegram é que vai até a Amazon quando algo chegar, fazendo o bot ser executado.

O webhook é recomendado para bots que usam serverless por permitir que o bot somente seja executado quando houver uma requisição/mensagem. A alternativa seria o uso do polling, que faria o bot ficar sempre ligado, como demonstrado aqui.

Arquivo requirements.txt

O requirements.txt seria:

1
pyTelegramBotAPI==4.6.0

Caso haja necessidade, basta acrescentar outras bibliotecas a serem instaladas, uma por linha e, preferencialmente, com as versões definidas.

Comando Deploy

Execute o comando abaixo para armazenar o token em uma variável de ambiente, substituindo <TOKEN_DO_BOT> pelo valor fornecido pelo BotFather:

1
export TOKEN=<TOKEN_DO_BOT>

Em seguida, execute o comando abaixo para fazer o deploy:

1
serverless deploy

Este comando irá empacotar o bot e enviará toda a informação para a Amazon. Irá também criar toda a infraestrutura necessária para o funcionamento do bot, criando também um bucket e um API Gateway. O primeiro simplesmente armazena o código, já o segundo serve de ponto de entrada das requisições que fazem o código ser executado.

Após a conclusão do deploy, copie o valor do endpoint, pois ele será usado no próximo passo.

Arquivo setWebhook.py

Este arquivo será usado somente uma vez, após a primeira execução do Deploy, para definir a URL que o Telegram irá enviar as requisições que fazem o bot ser executado. Não é necessário executar o script outras vezes a menos que o ENDPOINT seja alterado, o que não é comum.

Crie um arquivo setWebhook.py com o código abaixo:

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
import os
import sys
import telebot

TOKEN = os.getenv('TOKEN')
WEBHOOK = sys.argv[1]

bot = telebot.TeleBot(TOKEN)
bot.remove_webhook()
bot.set_webhook(WEBHOOK)

Usando o valor do endpoint fornecido anteriormente, execute:

1
python setWebhook.py "<ENDPOINT>"

Repare que as " (aspas) devem ser usadas no comando!

Pronto! Definido o webhook seu bot já estará funcionando.

Comando Remove

Para remover tudo de uma só vez, basta executar:

1
serverless remove

Este comando, além de remover a função, removerá também o bucket e o API Gateway. Ou seja, não restará nada relacionado ao bot na nuvem da Amazon. Ele não pode ser desfeito, então use somente quando necessário.

Esta postagem está licenciada sob CC BY 4.0 pelo autor.